6 de abril de 2022

Programa Empreendendo Vidas vai impulsionar o empreendedorismo feminino no Piauí

Capacitar, qualificar e orientar mulheres de todo o estado quanto ao acesso ao crédito, apoiar o surgimento e formação de novos negócios, garantir igualdade, segurança econômica e transformação social para mulheres empreendedoras em diversos seguimentos. Esse é o objetivo do Programa Empreendendo Vidas, idealizado pela Superintendência de Parcerias e Concessões (Suparc) e que será executado em conjunto com as concessionárias de PPP do Piauí, Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Instituto Federal do Piauí (IFPI), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE) e Agência de Fomento e Desenvolvimento do Estado – Piauí Fomento.


O Programa Empreendendo Vidas tem início a partir de abril de 2022, atuando de forma gradual e sistemática, inicialmente com a formação de turmas piloto na capital e posteriormente com expansão para o interior. Este foi um dos projetos discutidos na manhã desta segunda-feira (04) no encontro da superintendente Érica Feitosa e sua equipe da Suparc com a nova governadora empossada, Regina Sousa, e o novo secretário de Governo, Antônio Rodrigues Neto, para tratar de forma geral dos projetos de parceria público privada em andamento e potenciais para 2022.

Uma das ações do Programa é o Costurando o Empreendedorismo, com o objetivo de garantir qualificação profissional e contínua dos trabalhadores e empreendedores da área do Mercado Têxtil do Piauí. Através de parcerias, o Novo Piauí Center vai viabilizar um grande Projeto de Capacitação e Formação Técnica Profissionalizante com carga horária de 480 horas/aula que iniciará a partir de abril, onde serão exploradas técnicas avançadas em gestão de negócio. Ao final do curso, os participantes aptos e motivados a empreender, serão encaminhados a segunda fase, no qual terão suas ideias ou empreendimento incubados pelo período necessário a sua inserção e estabilização no mercado.

Já o projeto de extensão Produzindo o Futuro: Aromas e Sabores do Empreender visa proporcionar aos membros das entidades assistenciais beneficiadas pelo Banco de Alimentos conhecimentos sobre técnicas de conservação de alimentos e aplicações culinárias que possam originar novos produtos e gerar fonte de renda por parte dessa população. Neste projeto, o Instituto Federal do Piauí vai disponibilizar alunos da instituição para a realização dessas oficinas.

O terceiro projeto desenvolvido é o Mulheres Para o Mercado Empreendedor. Nele, as concessionárias do programa de PPP do Estado do Piauí, se dispõem a oferecer palestras e oficinas com temas fundamentais para a inclusão digital de mulher empreendedora e seus negócios, como Marketing Digital, Gestão de Social Média e até mesmo tutoriais de utilização de plataformas de comunicação como o WhatsApp Business. O Sebrae e IFPI, por sua vez, entram no Mulheres Para o Mercado, ao viabilizar e promover palestras, cursos e oficinas já disponíveis em suas plataformas e voltadas para o empreendedorismo.

Projetos das PPP do Piauí já são excelência em transformação social

Situada na zona rural de Amarante, Mimbó é a primeira comunidade quilombola beneficiada com fibra óptica. Por meio do Projeto Mimbó Conectado, 67 residências de estudantes serão conectadas com a internet banda larga e também serão instalados cinco pontos de acesso público na região. A comunidade será contemplada ainda com 98 tablets e um sistema de vendas on-line, incentivando o comércio local.

Ao todo, cerca de 600 pessoas serão beneficiadas. “Recebemos com muito entusiasmo os projetos aqui entregues com os pontos de internet e também as novidades para nossa comunidade na área da educação, com as salas equipadas e os cursos que iremos fazer mais à frente. É uma política de qualidade que alcança todo o potencial que o Quilombo Mimbó pode oferecer”, declarou Marta Paixão, presidente do Conselho Comunitário de Moradores.

Este é apenas um dos projetos sociais da PPP Piauí Conectado, que já foi selecionada para fazer parte do Bright Green Book 2, um livro sobre iniciativas sustentáveis e de transformação social produzido com o apoio da ONU, como um dos projetos mais emblemáticos da publicação. Também reconhecido pela ONU, o projeto da Nova Ceasa foi escolhido como a melhor PPP do mundo por colocar o bem-estar das pessoas em primeiro lugar. Ao todo, as concessionárias de PP do Piauí somam mais de 20 projetos sociais em execução no estado.

Fonte: Governo do Piauí

Mais visitadas