10 de janeiro de 2022

Luís Correia - Vereadores de oposição querem a derrubada do veto da prefeita ao posto do SAMU no Brejinho

    O grupo formado por vereadores de oposição pretende derrubar o veto da prefeita Maninha Fontenele (PL) que vem impedindo a proposta de construção da base descentralizada do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) na região Brejinho, zona rural de Luís Correia - PI. A verba soma mais de meio milhão de reais oriunda das emendas impositivas direcionadas por todos os vereadores ao orçamento municipal 2022 com intuito de atender tal finalidade. Para a derrubada do veto serão necessários pelo menos seis votos dos edis. 

Grupo de vereadores que tentarão derrubar o veto da prefeita.

    Os vereadores Wilton Véras (PSD), Daniel Cabrinha (PSDB), Silvinha (PSB) e Kátia Silva(PSD) que compõem a bancada oposicionista contam com o voto de apoio do vereador Novo Virgulino (PL), que embora pertença ao grupo dos aliados, é autor da proposta que beneficia o Brejinho com a citada base. Juntos somam cinco votos e necessitam de pelo menos mais um para que seja invalidado o veto proposto pela gestora municipal. 

    Diante disso, o nome mais cotado ao sexto voto é o do vereador Júnior Carapebas (PSB), eleito pela coligação Kim do Caranguejo, onde atualmente apoia o grupo da prefeita ao fazer parte da base aliada, todavia é muito respeitado por seus eleitores em manter sua postura compromissada com o povo, votando com o povo e em prol dos interesses da população. 


    Frente ao grande benefício que uma base descentralizada do Samu levaria à população do Brejinho, bem como a todas as regiões circunvizinhas, existe uma mera possibilidade de que todos os vereadores repitam seus votos de forma unanime, a favor da derrubada do veto proposto por Maninha Fontenele, como fizeram em direcionar suas emendas impositivas.

    De acordo com os vereadores Daniel Cabrinha e Wilton Veras, a pauta será tratada na primeira sessão após o retorno do recesso legislativo da Câmara dos Vereadores, prevista para acontecer no dia 18/02/2022. "Votar contra a derrubada do veto é dar as costas para a população que só tem a ganhar com a instalação da base do Samu no Brejinho", pontuou o vereador Wilton Véras.

Roderico Júnior, do Portal Luís Correia.


Mais visitadas