30 de dezembro de 2021

Kim do Caranguejo atua junto ao TCE-PI e obriga Prefeitura de Luís Correia pagar rateio também ao administrativo da Educação

    Embasado nas recentes alteração das leis que regem o repasse da União destinado aos profissionais da educação nos municípios, o ex-prefeito Kim do Caranguejo e sua assessoria jurídica atuaram frente ao TCE-PI (Tribunal de Contas do Estado) ao garantir que a Prefeitura de Luís Correia efetue o repasse do rateio federal também para o administrativo da Educação.

Ex-prefeito Kim do Caranguejo

    As alegações foram embasadas em medidas já aplicadas por outros municípios, como exemplo Cajueiro da Praia, que vêm garantindo o repasse englobando os funcionários que atuam na área administrativa educacional, que por lei passaram a ter direito a receber o montante.

    Vale ressaltar que, embora o município de Cajueiro da Praia possua menor estrutura financeira ao ser comparado com Luís Correia, conseguiu repassar o valor de R$ 29.133,60 de abono aos profissionais 40h (quase o dobro do valor repassado pela gestão Maninha em Luís Correia) e R$ 14. 566, 80 (quase o triplo comparado a Luís Correia) para aqueles que atuam em regime de 20h trabalhadas.

    Informações técnicas administrativas demonstram que a rede municipal de educação de Luís Correia possui quatro vezes mais a quantidade de alunos comparada ao público discente de Cajueiro da Praia, tornando assim a estimativa de repasse do rateio em Luis Correia calculada em pelo menos 40 mil reais para cada profissional da educação. Mas diferente disso a gestão Maninha Fontenele repassou valores super reduzidos, taxando junto aos seus vereadores aliados somente R$ 10.300,00 para 40h como foi visto, desprestigiando assim os profissionais em questão.

Valor repassados em Cajueiro da Praia - PI:


Valore repassado em Altos - PI:


Em Luís Correia - PI:

    É válido enfatizar que diante desse valor pago aos profissionais 40h existe um desconto de 27% no qual reduz o repasse a pouco mais de R$ 7.500 para cada educador.

Roderico Junior, do Portal Luís Correia.

Mais visitadas