26 de setembro de 2021

Luís Correia - "Fomos eleitos foi para lutar pelo povo! Blogs estão aqui para publicar o que eles assistiram, o que eles viram!", pontuou a vereadora Silvinha

    Representante da ala feminina na Câmara Municipal de Luís Correia, a vereadora Silvinha (PSB) rebateu as críticas promovidas por um grupo de vereadores aliados da atual gestão que utilizaram de suas falas na última sexta-feira (24/09), para defender o vereador licenciado Pedro do Leite, marido da prefeita, e defender também o governo Maninha Fontenele por meio de duras criticas as matérias repercutidas pela imprensa local, ao ponto de insinuarem que as publicações são fake news. Fato este improcedente, pois as mesmas são comprovadas e embasadas nas falas dos próprios vereadores e da população.

Vereadora Silvinha

    Sobre as falas utilizadas por tais vereadores na última sessão plenária, Silvinha (PSB) disse o seguinte: "Nós estamos aqui, fomos eleitos foi para lutar pelo povo. Não é para chegar na tribuna, ou aqui na nossa mesa, e chegar aqui para defender ou justificar alguma denúncia, alguma matéria que tenha sido feita contra a prefeita, ou o marido da prefeita, ou filho, ou a quem quer que seja".

    Demonstrando vasto conhecimento de suas funções legislativas e consciente da postura de um legislador frente a Câmara Municipal, Silvinha fez valer a voz do povo quando narrou algumas ocasiões em que moradores de Luís Correia relataram suas necessidades urgentíssimas por água, bem como suas dificuldades em conseguir o abastecimento d´água junto a prefeitura.

    Referente as críticas produzidas por certos vereadores aliados da prefeita contra as matérias publicadas pela imprensa local, as quais denominaram de fake news, a vereadora Silvinha esclareceu o seguinte: "Blogs estão aqui para publicar o que eles assistiram, o que eles viram. É bom a gente chegar aqui e pedir a reforma de calçamento, pedir reforma do chafariz, pedir a reforma de uma escola. É nosso papel! É isso que a gente tem que fazer." 

Roderico Júnior, do Portal Luís Correia.

Mais visitadas