28 de maio de 2021

Derrota para Jorge Wilstermann elimina Ceará na Copa Sul-Americana

O Ceará deu adeus precocemente à Copa Sul-Americana. Nesta quinta-feira (27), o Vozão foi derrotado por 1 a 0 pelo Jorge Wilstermann (Bolívia) no estádio Félix Capriles, nos 2,5 mil metros de altitude de Cochabamba, na última rodada do Grupo C. A vaga única da chave às oitavas de final ficou com o Arsenal de Sarandí (Argentina), que bateu o Bolívar (Bolívia), em casa, no estádio Julio Gondrona, por 3 a 1.

Os atuais vice-campeões da Copa do Nordeste, que só dependiam de si para se classificarem, encerraram a chave com nove pontos, na segunda posição e com somente uma derrota, justamente a desta quinta-feira. O Arsenal, com a vitória sobre o Bolívar, foi a 11 pontos e garantiu o primeiro lugar. O Jorge Wilstermann se despediu na lanterna do Grupo C, com cinco pontos.

Apesar de o Ceará ter a necessidade de vencer, foi o time boliviano, que entrou em campo sem chances de classificação, que criou as melhores oportunidades do jogo. No primeiro tempo, o goleiro Richard fez pelo menos três grandes defesas. Nos 45 minutos iniciais, o Vozão só assustou uma vez, em chute forte do atacante Lima pela direita, que o goleiro Luis Banegas conseguiu espalmar.

Com o meia Patito Rodriguez (que defendeu o Santos entre 2012 e 2016) ditando o ritmo, o Jorge Wilstermann seguiu agressivo após o intervalo. Aos 15 minutos, o atacante Humberto Osorio acertou a trave. De tanto pressionar, os anfitriões chegaram ao gol aos 29 minutos, justamente com Patito. O argentino escapou da marcação do meia Fernando Sobral e finalizou no ângulo de Richard. Dominado, o Ceará não esboçou reação e praticamente aceitou a derrota em Cochabamba.

O Vozão se concentra, agora, na Série A do Campeonato Brasileiro. A estreia será neste domingo (30), às 16h (horário de Brasília), contra o Grêmio, na Arena Castelão, em Fortaleza.

Fonte: Agência Brasil

Mais visitadas