1 de abril de 2021

"Deveria doar era o montante financeiro recebido dos meses não trabalhados no ano passado", diz leitora

"É muita petulância de quem recebia mais de 10 mil reais em salário mensais e sem trabalhar, sem cumprir expediente, sem exercer função por quase um ano, querer posar de boa Samaritana em dizer que está doando parte do salário para ajudar o povo. Ajudar em que? Uma vez na vida? Com uma cesta básica? Claro que a intenção é outra", afirma a leitora.

Imagem meramente ilustrativa

"Quero saber em que setor, função ou sala ela trabalhou após ser exonerada daquele cargo para ficar recebendo o montante de mais de 10 mil por mês. Virou moda doarem cestas básicas cercada de fotógrafos, mídia, filmagens e de puxa-sacos. Todo mundo sabe qual é a verdadeira intenção por trás dessa falsa boa ação. Querer posar as custas da desgraça alheia? Tinha era que devolver o montante financeiro recebido nos meses não trabalhados do ano passado. Comigo não cola." reiterou a leitora em sua opinião.


Mais visitadas