24 de fevereiro de 2021

Sindicato denuncia desmonte de Unidade de Pesquisa da Embrapa, em Parnaíba

O Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário (SINPAF) tem denunciado que a Unidade de Execução de Pesquisa (UEP) em Parnaíba, no litoral do Piauí está sofrendo um processo de desmonte. O SINPAF acusa ainda a inviabilidade de continuação dos projetos de pesquisa, que estão em andamento, já que até maio servidores terão de se transferir para a Embrapa Meio-Norte, em Teresina (PI). Pelo menos 26 trabalhadoras e trabalhadores da UEP Parnaíba serão transferidos. A Diretoria Executiva da Embrapa já afirmou que a Unidade de Execução de Pesquisa não vai fechar e que passa por processo de readequação. Já o sindicato afirma categoricamente, em nota, a existência de um desmonte em curso.


A nota do SINPAF:

“O Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário – SINPAF esclarece para a sociedade que a Unidade de Execução de Pesquisa em Parnaíba (UEP-Parnaíba) da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa não está sendo fechada e sim, desmontada, ou seja, não terá condições de operar adequadamente se as transferências de pesquisadores e técnicos sejam cumpridas. Este desmonte irá prejudicar as atividades de pesquisa nas áreas de bovinocultura leiteira e fruticultura, justamente as que são apontadas como mais necessárias para o desenvolvimento socioeconômico da região. A transferência de equipamentos, o fechando de laboratórios e, principalmente, o deslocamento de pesquisadores e técnicos altamente qualificados nestas áreas de pesquisa para outra cidade evidenciam o desmonte em curso nesta unidade. Que racionalidade às avessas é esta que retira as principais condições materiais e humanas para a realização da pesquisa?”

Fonte: Portal Costa Norte

Mais visitadas