21 de setembro de 2020

Governo já destinou R$ 200 bilhões para beneficiários do Auxílio Emergencial

 A Caixa Econômica libera, nesta sexta-feira (18), o crédito de R$ 2,6 bilhões do Auxílio Emergencial para quatro milhões de pessoas que fazem aniversário em julho. Também vai destinar R$ 429,5 milhões da primeira parcela da ampliação do auxílio para 1,6 milhão de brasileiros atendidos pelo programa Bolsa Família. Já são R$ 200 bilhões destinados pelo Governo Federal desde abril.

Foto: Agência Brasil

Os ciclos de crédito em conta e saques em espécie seguem até dezembro para o pagamento das cinco parcelas definidas pelo Governo Federal para o público do Cadastro Único e para quem se cadastrou pelo aplicativo ou pelo site da Caixa. O auxílio chamado “residual”, que é o acréscimo anunciado pelo Presidente Jair Bolsonaro no início de setembro, será liberado hoje para os beneficiários que têm o NIS número 2.

“Essa é a maior operação de transferência de recursos para um programa social da nossa história. É um dinheiro que vai direto para a conta do cidadão para que ele possa superar as dificuldades [...] e manter a sua dignidade. O investimento de R$ 200 bilhões, além de um marco, revela o nosso compromisso de não deixar ninguém para trás”, destacou o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni.

Neste sábado (19), 770 agências da Caixa abrirão, das 8 às 12 horas, para atendimento de beneficiários do Auxílio Emergencial e do Saque Emergencial do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Os nascidos em janeiro – 3,9 milhões de pessoas – poderão sacar o Auxílio Emergencial em dinheiro. Os trabalhadores nascidos em maio – 5,1 milhões de pessoas – poderão retirar em espécie os valores referentes ao Saque Emergencial do FGTS. Ao todo, os benefícios somam R$ 5,8 bilhões.

Fonte: Governo do Brasil

Mais acessadas