20 de junho de 2020

Consultórios psicológicos permanentes começam a funcionar em um mês

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a quarta onda da pandemia do novo coronavírus é saúde mental das pessoas, que atingirá inclusive crianças, e recomendou aos governantes que se preparem para atender à população. E, seguindo essa recomendação, uma equipe coordenada pela vice-governadora do Piauí, Regina Sousa, elaborou e o governador Wellington Dias aprovou projeto de implantação de consultórios psicológicos permanentes para atendimento no estado. A previsão é que o serviço que será oferecido pelo 0800 comece a funcionar em 30 dias.

Imagem da internet

Regina Sousa explica que em 2019 foi criado um grupo para cuidar da prevenção ao suicídio e esse mesmo grupo, formado na maioria por profissionais de saúde, elaborou o projeto de implantação dos consultórios psicológicos permanentes para atendimento no estado. Ela informa que o projeto já foi encaminhado pelo governador à Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), que será a responsável pela execução. “O projeto está na comissão de licitação para a contração da empresa e depois fazer o treinamento dos profissionais”, disse a vice-governadora.

Ela informa que o atendimento será via telefone, o 0800 com várias linhas e o profissional poderá atender em qualquer lugar com orientações e, se necessário, fará o encaminhamento para um psiquiatra para que a pessoa tenha um atendimento presencial. “O objetivo do projeto é cuidar da saúde mental das pessoas, pois a OMS alertou aos governantes para se prepararem, pois a quarta onda da pandemia do novo coronavírus é a saúde mental das pessoas, afetando inclusive crianças que devem ser observadas”, explica Regina.

A previsão para o serviço começar a funcionar é em 30 dias, pois a contratação da empresa que irá oferecer o serviço precisa seguir os trâmites burocráticos. “Mas estou acompanhando o andamento do projeto que já saiu da minha alçada que era a formatação até a aprovação do projeto pelo governador,” revela Sousa.


Fonte: Governo do Estado do Piauí

Mais acessadas