6 de maio de 2020

Madeira apreendida em Parnaíba daria para cobrir 52 casas populares

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou a apreensão de 78,0 m³ de madeira serrada que estava sem a devida documentação ambiental válida. Os policiais identificaram o crime ambiental, na cidade de Parnaíba/PI, na BR-343, na madrugada desta terça-feira (05/05), ao abordar um caminhão, conduzido por um homem de 37 anos.


Foi solicitado ao condutor que apresentasse toda a documentação necessária para transporte de produtos de origem florestal. O condutor informou aos policiais que a madeira era oriunda de reflorestamento, portanto não haveria necessidade de documentos ambientais.

A equipe, ao verificar no compartimento de carga, detectou grande quantidade de madeira serrada nativa do estado do Pará. O respectivo carregamento estava portanto sem a devida documentação ambiental, comprovando o crime.

A carga vinha do estado do Pará e tinha como destino o município de Mossoró/RN, de acordo com informações colhidas. Todo esse carregamento era suficiente pra cobrir 52 casas populares.

A Empresa Proprietária do veículo e da carga foram enquadradas no Art. 46 da Lei Nº 9.605/98 de crimes ambientais.

Toda a carga de madeira juntamente com o veículo e o condutor encontram-se na Unidade Operacional da PRF na cidade de Parnaíba/PI à disposição do IBAMA, para os procedimentos cabíveis.


Fonte: Nucom/PRF

Mais acessadas