20 de maio de 2020

Luís Correia - Informativo do Programa Criança Feliz

Estamos vivendo tempos difíceis, não há como negar ou tentar diminuir o peso da pandemia que se alastrou pelo mundo. Um inimigo silencioso e invisível tem atacado diariamente a nossa população.
O jeito para combate-lo de forma mais efetiva, evitando sua propagação tem sido o isolamento social, o que resultou na quarentena de boa parte da população. 


No entanto, a quarentena, apesar de ser necessária, pode acerretar em problemas emocionais e derivados do isolamento social. 



Como seres humanos nós precisamos, para manter nossa saúde, viver em comunidade. No entanto, quando somos obrigados a manter o afastamento ou quando a nossa rotina sofre uma mudança abrupta, é notável que o nosso nível de ansiedade e melancolia aumentem (com as crianças, acontece o mesmo). 

Apesar da sensação geral ser de incerteza, o que leva à angústia, este post tem como objetivo tentar amenizar os sintomas da quarentena através de atitudes práticas; que você pode fazer aí, na sua casa. São dicas preciosas para manter a sua saúde mental e cuidar de si mesma, dos seus filhos e sua família. 

Lembrando que isolados estamos protegendo a nós, as nossas crianças, os nossos avós, e outras pessoas, portanto, FIQUEM EM CASA!

Edição: Roderico Júnior, do Portal Luís Correia.

Local: Luís Correia - PI, Brasil

Mais acessadas