29 de abril de 2020

Capes divulga os resultados dos programas Residência Pedagógica e Institucional e de Bolsas de Iniciação à Docência

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) divulgou nesta quarta-feira (29), o resultado sobre os 500 projetos institucionais selecionados para os programas Residência Pedagógica e Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID). Cada programa oferecerá 30.096 bolsas que beneficiarão mais de 60 mil alunos de licenciatura. 




Para o presidente da Capes, Benedito Aguiar, os programas PIBID e Residência Pedagógica “são ações significativas para formação de professores”. Este ano 60% das vagas foram reservadas para os cursos de pedagogia, matemática, língua portuguesa e ciências naturais, áreas onde há maior déficit de formação de professores. “Os Programas possibilitam que os estudantes, ainda na graduação, desenvolvam atividades práticas do exercício da docência e convivam antecipadamente com a realidade da futura profissão”, afirma Aguiar.

Segundo Carlos Lenuzza, diretor de Educação Básica da Capes, os programas ajudam a diminuir o déficit de formação professores e de capacitação. “Em muitas escolas não têm professores ou o professor que está em sala de aula não é formado na disciplina, na licenciatura que ele atua. Através dos programas de educação básica da Capes tentamos diminuir essas lacunas”.

O PIBID e o Residência Pedagógica são destinados a alunos de licenciatura. O primeiro oferece aos bolsistas que estão na primeira metade do curso de licenciatura uma aproximação prática com o cotidiano das escolas públicas de educação básica e com o contexto em que elas estão inseridas.

Recursos

As instituições podem apresentar recursos no prazo de 10 dias, de 29 de abril de 2020 até as 18 horas do dia 08 de maio de 2020. Os pareceres da análise técnica e de mérito estão disponíveis pelo Sistema de Inscrições da CAPES (Sicapes). A previsão de divulgação do resultado final é 19 de maio.

Com informações da Capes

Mais acessadas