10 de janeiro de 2020

Matrículas do PROFHISTÓRIA serão realizadas nos dias 21 e 22 de janeiro em Parnaíba

As matrículas da primeira turma da UESPI no Mestrado Profissional em Ensino de Historia (PROFHISTÓRIA) serão realizadas nos dia 21 e 22 de janeiro, das 9h às 12h e das 14h às 17h. Os candidatos classificados no Exame Nacional de Acesso para 2020, dentro do quadro de vagas, deverão comparecer ao Campus Professor Alexandre Alves de Oliveira, em Parnaíba-PI, para a realização de suas respectivas matrículas.



O curso tem início autorizado para o mês março, com oferta de 20 vagas oferecidas pelo PROFHISTÓRIA da UESPI. Em caso de ausência ou desistência na matrícula, os demais candidatos que estão aguardando vaga poderão ser convocados para substituição.

O PROFHISTÓRIA é um programa de pós-graduação stricto sensu reconhecido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), de caráter público e inteiramente gratuito, sendo ofertado em Rede Nacional, com o objetivo proporcionar formação continuada que contribua para a melhoria da qualidade do exercício da docência em História na Educação Básica (Ensino Fundamental e Médio).

O curso tem a duração de dois anos, é presencial, com oferta simultânea em todo o Brasil, em mais de 35 universidades participantes. O programa busca a formação continuada de professores de História voltados para a inovação na sala de aula. O egresso do PROFHISTÓRIA receberá o título de Mestre em Ensino de História, com qualificação certificada para o exercício da profissão de professor de História.

Documentação para a matrícula:
a) Ficha de Matrícula preenchida;
b) Requerimento de Matrícula Institucional preenchido e assinado;
c) Diploma de Graduação (original e cópia), conforme exigido pelo PROFHISTÓRIA, ou
Certidão de Conclusão de Graduação (original), expedida com prazo máximo de 30
(trinta) dias antes da data da matrícula, acompanhada de Termo de Compromisso preenchido e assinado para entrega do Diploma de Graduação no prazo de 90 (noventa)
dias;
d) Histórico Escolar de Graduação (original e cópia);
e) Documento de Identidade e Cadastro de Pessoa Física (CPF), podendo ser somente o
documento de identidade, caso conste o número do CPF (original e cópia);
f) 02 (duas) fotos 3×4 recentes;
g) Certidão de quitação eleitoral (original e cópia);
h) Certidão de Quitação com o Serviço Militar, para o sexo masculino (original e cópia);
i) Contracheque dos últimos três meses, ato de nomeação, contrato ou registro em
Carteira de Trabalho que indique atuação docente no Ensino Básico (original e cópia); e
j) Declaração assinada pela direção da escola onde trabalha, com firma reconhecida e
expedida com prazo máximo 30 (trinta) dias antes da data da matrícula, comprovando que
atua como professor(a) efetivo(a) na referida Instituição de Ensino e se encontra “no
exercício da docência de História no Ensino Básico” (original).


Roderico Júnior, do Portal Luís Correia.com

Mais acessadas