8 de outubro de 2019

Reflexão: O que se espera de um bom gestor?


Em meio a toda a crise, que ainda persiste de forma galopante, o município de Luís Correia vem adotando critérios para implementar suas políticas públicas. O Município paga rigorosamente dentro do mês os salários de todos os seus servidores (o que muitos, mesmo sendo sua obrigação, não vêm fazendo), pois entende que a força de trabalho deve ser recompensada no dia certo, para que todos se programem com antecedência e se motivem a prestar bons serviços ao público.


Miguel Bezerra Neto. (Foto: arquivo pessoal do advogado)

Kim do Caranguejo incrementou a receita do Município, fortalecendo a Procuradoria Fiscal, com equipamentos e pessoal concursado. Sabemos que um município não pode e nem deve ficar adstrito, a mercê apenas de repasses constitucionais do Governo Federal. É dever de cada um criar os seus mecanismos de arrecadação fiscal, através dos tributos municipais e outros meios, sob pena do gestor ser processado por renuncia fiscal. Com isso, o município promoveu várias obras, como a construção e reforma de várias praças, mais milhares de metros de calçamentos em diversas ruas e povoados.

Na área de saúde, podemos citar que o hospital Nossa Senhora da Conceição foi reequipado, reestruturado sob o comando do município e está em pleno funcionamento com equipes de profissionais da Saúde. Várias outras unidades básicas de saúde foram construídas ou reformadas, como por exemplo, a da Lagoa do Camelo, reinvindicação antiga daquela comunidade e ainda estão em construção outros equipamentos públicos.

A educação igualmente teve tratamento diferenciado e foram construídos e reformados colégios municipais e salas de aulas, além de quadras esportivas. Na parte da assistência social temos uma equipe valorosa, comprometida com as políticas públicas do setor, pessoas que se engajam, diuturnamente, em minimizar o sofrimento de pessoas pobres, sem condições sequer de se alimentar, tudo com a orientação e compromisso do Prefeito Municipal. Kim realizou o tão esperado concurso público para diversas áreas da administração pública, inclusive para a Procuradoria Jurídica (postura sempre cobrada pela OAB e Ministério Público para todos os municípios), além de testes seletivos para diversas áreas da administração pública municipal.

Críticas? Ataques a administração? Claro que sempre vão existir principalmente nesse período, a maioria delas destrutivas e tem o condão meramente eleitoreiro. Ninguém e nenhum gestor é perfeito e está isento de críticas, mas o que se deve levar em consideração é a realidade atual, pois o Município conta hoje com as finanças equilibradas, folha de pagamento em dia e diversas obras por toda a cidade e zonas rurais, em contraste com a possibilidade da volta do atraso, da improbidade administrativa, da falta de compromisso com a coisa pública ou ainda do ineditismo, do surgimento de falsos salvadores da pátria, sem nenhuma experiência administrativa sequer.

Miguel Bezerra Neto
Advogado, membro do Instituto dos Advogados do Piauí.

Mais acessadas