26 de agosto de 2019

Portal Gov.br reúne serviços em um só local



Para facilitar o acesso do cidadão brasileiro aos serviços públicos, o Governo Federal lançou o Portal Gov.br, nesta quinta-feira (22), em cerimônia que contou com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro. A plataforma vai reunir o conteúdo dos sites do Executivo em um único canal além dos serviços digitais, oferecendo acesso fácil para população e empresas, que vão poder interagir durante as etapas dos serviços solicitados, reduzindo tempo e custos desnecessários.

Portal Gov.br
O ministro-chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, celebrou a unificação. “Com isso, vai dar total transparência a nossa população de tudo o que acontece no Governo Federal”, afirmou.

Para o ministro-Chefe da Secretaria-Geral, Jorge Oliveira, a iniciativa é um marco dentro da Administração Pública. “Projetos de modernização já existiam em outros governos, mas nesse agora é uma plataforma que se inicia de forma firme, efetiva”, ressaltou.

“A população tem que ter acesso fácil aos nossos serviços. A maior parte do nosso povo é um povo simples, um povo humilde. Então, ele tem que ter um acesso facilitado as nossas informações. Isso é, uma verdadeira democracia. Isso é uma verdadeira entrega do governo para a população. Nós existimos para servir à população”, declarou o ministro.
Serviços

Solicitar passaporte, Meu INSS, acesso ao Certificado Internacional de Vacinação ou à Carteira Digital de Trânsito são apenas alguns dos serviços digitais disponíveis à população. O portal oferece 1525 serviços digitalizados, sendo 315 só nesse ano. A meta do governo é digitalizar todos os 3.293 serviços oferecidos pelo Governo Federal, sendo mil até o final de 2020.

“Há um grupo de serviços, como uma perícia médica, que ainda não temos tecnologia suficiente para fazê-lo no canal digital. Mas todos os demais, que são a maioria, serão transformados para o canal digital”, explicou o secretário de Governo Digital do Ministério da Economia, Luis Felipe Monteiro.

Com a digitalização, cerca de 12,5 milhões de atendimentos anuais deixaram de ser presenciais em agências de órgãos públicos, facilitando a vida do cidadão e proporcionando uma economia anual estimada em R$ 936 milhões, sendo R$ 197 milhões para a Administração Pública e R$ 739 milhões para os cidadãos.

A expectativa do ministério da Economia é de que a transformação digital de todos os serviços públicos federais, quando estiver totalmente concluída no fim de 2022, gere uma economia de mais de R$ 6 bilhões por ano, sendo R$ 3 bilhões economizados pelo governo e R$ 3 bilhões pela sociedade.
Aplicativos

A unificação de canais também engloba os aplicativos móveis. Em junho deste ano, foi criada a conta única gov.br, na loja Google Play, que já conta com 41 aplicativos migrados, entre eles, a Carteira Digital de Trânsito, o Sinesp Cidadão (Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública) e o Enem.
Administração Pública

Até o fim de 2020, 1,6 mil sites da administração federal serão migrados para a nova ferramenta. Os primeiros foram o Portal de Serviços, Planalto e Governo do Brasil. Juntos, os três sites recebem cerca de 13 milhões de visitantes por mês.

Fonte: Portal Gov.br

Mais acessadas