23 de agosto de 2019

Minoria legislativa rejeita contas, mas Kim do Caranguejo (PSB) segue firme para 2020



A Câmara Municipal de Luís Correia manteve com apenas quatro votos, de onze no total, a rejeição da prestação de contas 2010 do prefeito Kim do Caranguejo (PSB). A decisão foi tomada na manhã desta sexta-feira (23/08) no plenário daquela casa legislativa. Os onze legisladores foram submetidos à votação, garantindo assim o quórum em sua plenitude.


Minoria legislativa rejeita contas, mas Kim do Caranguejo (PSB) segue firme para 2020. (Foto: Roderico Júnior, do Portal Luís Correia.com)



Os vereadores Mirialdo Mota (PR), Paulo Cazuza (PP), Raphael Silva (PPL) e Pedro do Leite (PTB) foram os que votaram em desfavor da prestação de contas do prefeito. Já o grupo composto por Artrannho (PV), Carlitus Machado (PSD), Francilda Paz (PP), Jãozinho da Salgada (PSB), Neném do Zé Nelson (PP), Valdemir Silva (PT) e Zé Maria do Coqueiro (PSB) se posicionou favorável às alegações do gestor municipal.


Minoria legislativa rejeita contas, mas Kim do Caranguejo (PSB) segue firme para 2020. (Foto: Roderico Júnior, do Portal Luís Correia.com)

Minoria legislativa rejeita contas, mas Kim do Caranguejo (PSB) segue firme para 2020. (Foto: Roderico Júnior, do Portal Luís Correia.com)


Segundo esclarecimentos, existe um equívoco gritante no que diz respeito a quantidade de 2/3 de votos referente ao quórum local, onde o correto seria 3/5 de 11 parlamentares. "A Constituição Federal prevalecerá sobre qualquer tipo de regimento ou decisão que não esteja devidamente adequados com a realidade do município. Existe jurisprudência que garante legitimidade a quantidade de 3/5 no quórum parlamentar em casos como este. Sete votos foram o suficiente para legitimar o Sr. Kim do Caranguejo no pleito de 2020. Resolveremos na justiça." pontuou a assessoria executiva.

Roderico Júnior, do Portal Luís Correia.com

Mais acessadas