9 de agosto de 2019

Empresa chinesa manifesta interesse no Porto de Luís Correia


O governador Wellington Dias reuniu-se, nesta sexta-feira (09), na China, com representantes da China Communications Construction Company (CCCC Shangai) apresentando as oportunidades e potencial do Piauí. A empresa chinesa já possui projetos no Brasil, em parceria com a Concremat Engenharia, e manifestaram interesse no Porto de Luís Correia.

(Foto: Álvaro Carneiro, CCOM)
Segundo o governador, a ideia é trabalhar em um projeto para a obra do Porto de Luís Correia, por meio de uma Parceria Público-Privada (PPP). “Eles têm muita experiência nessa área de portos e poderão nos auxiliar com a ferrovia do porto de Luís Correia em direção a Teresina e ainda uma integração com a ferrovia transnordestina. Com isso, temos cerca de 14 milhões de toneladas de carga com perspectiva de crescimento agrícola e em mineração”, destacou Wellington.

Ainda de acordo com o chefe do executivo estadual, um cronograma já foi definido no Brasil com a empresa chinesa. “Ainda em agosto representantes da CCCC Shangai estarão em Teresina participando do evento da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base, a Abdib, numa reunião de trabalho com a nossa equipe. Saio confiante de que temos grandes possibilidades a partir desse, que, talvez, será o maior investimento no estado do Piauí”, complementou.

O diretor-geral da CCCC Shangai, Huo Shengyong, se disse impressionado com as várias oportunidades de investimentos no Piauí. “Acredito que se melhorarmos a estrutura de transportes e porto vamos ter um crescimento muito vigoroso e aumentar possibilidades de parceria. Sabemos que Brasil-China estão em um bom momento, principalmente, com a participação dos Brics e esse bom relacionamento traz excelentes oportunidades para nossas empresas. Vamos analisar com toda a atenção o material que o governador nos trouxe e colocar em ordem de prioridade, selecionando os projetos que nossa empresa tenha possibilidade de realizar com eficiência. Acredito que vários dos projetos do Piauí estarão ao alcance da CCCC e trabalhando juntos teremos sucesso nos resultados”, disse.

Fonte: Lorenna Costa, da CCOM.

Mais acessadas