23 de junho de 2019

Prefeito Kim do Caranguejo propõe mais um concurso; vereador Mirialdo Mota (PR) sinaliza positivamente



A Câmara Municipal de Luís Correia recebeu na manhã da última sexta-feira (21/06) o Projeto de Lei enviado pelo prefeito Kim do Caranguejo que prevê a realização de mais um certame no município. O presidente do Legislativo, vereador Mirialdo Mota (PR), sinalizou positivamente considerando a proposta como relevante, bem justificada e necessária frente a carência profissional nas áreas solicitadas.

Vereador Mirialdo Mota (PR), presidente da Câmara Municipal de Luís Correia.
O Projeto de Lei requer contratação para os cargos de professores, nutricionista e guardas patrimoniais. De acordo com a assessoria, o requerimento solicita também a realização de teste seletivo com intuito de preencher a carência de funcionários na Secretaria Municipal de Educação. O vereador Mirialdo Mota (PR) acolheu a proposta que a partir de então foi encaminhada às comissões legislativas. Sendo aprovada pelas comissões, a proposta será submetida à votação no plenário da Câmara.

O presidente Mirialdo Mota (PR) esclareceu, que: “A rogativa apresentada hoje, nesta casa, vem legitimar a garantia da isonomia por parte do Poder Executivo no processo de seleção aos cargos públicos, quando nela se mantém o critério de meritocracia diante da realização dos certames. Assim, resta as comissões fiscalizarem a proporcionalidade dos cargos diante da carência profissional, assim como a adequação orçamentária dos novos contratados. O projeto é de muita relevância, bem justificado e vem para suprir a necessidade profissional nas áreas em questão”.
Em tempo:

Após a publicação dessa matéria, o vereador Mirialdo Mota (PR) entrou em contato com a redação do Portal Luís Correia esclarecendo que o Projeto de Lei em questão, assim como as vagas solicitadas tratam de contratações por via de teste seletivo e não de concurso público em caráter efetivo.

Matéria atualizada em 23/06/2019 às 17h, para maior esclarecimento da modalidade do certame abordado. 

Roderico Júnior, do Portal Luís Correia.

Mais acessadas