23 de junho de 2019

Bebê de 5 meses é espancada até a morte pelo pai porque 'nasceu menina'



Uma recém-nascida de apenas 5 meses morreu após ser espancada pelo pai. O motivo foi por ter "nascido menina". A criança chegou a ser levada ao hospital, mas não conseguiu resistir aos ferimentos. As informações são do site Pragmatismo Político.

Criança chegou a ser encaminhada para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos
Foi preso o pai que espancou até a morte a própria filha de apenas 5 meses de idade. Segundo a mãe da criança, Augusto Silva da Cruz espancou a bebê pelo fato dela ser uma menina. O crime brutal ocorreu no dia 18/05, na Comunidade Sítio do Cajá, no município de São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife. A criança chegou a ser levada para o Hospital da Restauração, em Recife, mas não resistindo aos ferimentos veio a óbito.

Segundo a polícia, Silvânia Viana, mãe da criança, era recorrentemente agredida pelo marido, e a filha, após o nascimento, também passou a ser espancada pelo cônjuge. O casal estava junto há 9 anos.

De acordo com informações do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), o envolAugusto Silva da Cruz teve a prisão em flagrante convertida em prisão preventiva por decisão do juiz Renato Dibacthi Inácio de Oliveira. O acusado será conduzido para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife (RMR).

Leia a nota divulgada pelo TJPE:

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) informa que, em audiência de custódia realizada na tarde deste sábado (18/5), durante o Plantão Judiciário, no Fórum de Jaboatão dos Guararapes, o juiz Renato Dibachti Inácio de Oliveira converteu a prisão em flagrante de Augusto Silva da Cruz em preventiva.

O acusado será encaminhado ao Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife. O processo será remetido à Comarca de São Lourenço da Mata, onde houve a ocorrência.

Mais acessadas