2 de maio de 2019

Oitavas da Copa do Brasil terão reencontro de Corinthians e Flamengo


Menos de um ano depois, o reencontro entre dois gigantes. Após sorteio realizado nesta quinta-feira (2) na sede da CBF, foi definido que Corinthians e Flamengo irão se enfrentar nas oitavas de final da Copa do Brasil de 2019; o Rubro-Negro decide em casa. Na edição de 2018 do torneio nacional, o duelo entre os clubes de maior torcida do país aconteceu na semifinal - e os alvinegros levaram a melhor.

Crédito: CBF/SPORTV
No jogo de ida, no dia 12 de setembro, Flamengo e Corinthians não saíram do empate sem gols. O confronto, que teve mais de 53 mil presentes no Maracanã, marcou ainda o retorno de Paquetá ao Rubro-Negro após período com a Seleção Brasileira para amistosos.

As maiores emoções ficaram mesmo para o jogo de volta, na Arena Corinthians. Aos 13 minutos de partida, Danilo Avelar recebeu lançamento de Jadson na esquerda e se livrou da marcação. De frente para o goleiro Diego Alves, o lateral não se intimidou e estufou as redes, colocando o Timão na frente pela vaga na decisão.

O Flamengo empatou o placar aos 17 minutos com uma ajudinha de Henrique: Willian Arão achou Pará pela direita e o lateral tentou o chute, mas a bola desviou no zagueiro alvinegro e entrou. Com o placar em 1 a 1, os clubes deixaram o gramado para o intervalo com a disputa em aberto.

A segunda etapa mostrou um Rubro-Negro mais presente no ataque, mas com dificuldade nas finalizações. E como quem não faz, leva... A falta de efetividade foi castigada pela estrela de Pedrinho aos 23 minutos. Vindo do banco no lugar de Clayson, o atacante aproveitou sobra de bola após desvio em Jadson. Já com a bola nos pés, o camisa 38 partiu para cima, fez o giro e colocou a bola no canto do Flamengo. Tudo isso menos de um minuto após a substituição na Arena Corinthians.

Com 2 a 1 no placar, o Corinthians eliminou o Flamengo e avançou à grande decisão da Copa do Brasil 2018. Na final, os alvinegros acabaram ficando com o vice-campeonato - o Cruzeiro conquistou o bicampeonato consecutivo (2017 e 2018) e seu sexto título na história do torneio nacional.

Fonte: Assessoria CBF

Mais acessadas