1 de março de 2019

Nova Previdência gera um sistema igual para todos, afirma Rodrigo Maia


Para o presidente da Câmara, proposta é o primeiro passo para o Estado brasileiro gastar menos.


A Nova Previdência é um passo importante para o governo federal conseguir equilibrar as contas públicas e investir mais em áreas como educação, saúde e segurança, afirmou o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Junto a diversos líderes partidários e o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, ele participou de uma reunião no Palácio da Alvorada com o presidente da República, Jair Bolsonaro, para discutir a proposta enviada ao Congresso em 20 de fevereiro.

Maia avaliou que, atualmente, o Estado brasileiro consome a maior parte de seu orçamento com estrutura de pessoal e aposentadorias. “Sobra muito pouco para a gente investir nas áreas fundamentais. A reforma da Previdência é o primeiro passo, quebrando privilégios, quebrando benefícios acima da média, gerando um sistema igual para todos”, afirmou o parlamentar, em entrevista ao portal Planalto. 

Na avaliação do presidente da Câmara, o encontro entre representantes dos poderes Executivo e Legislativo representa um momento importante para o sistema democrático brasileiro. “Com a independência entre os poderes mas, principalmente, com harmonia e com diálogo, a gente vai conseguir, juntos, caminhar na votação das reformas e fazer o Brasil voltar a crescer e gerar empregos”, destacou. 

Tramitação 

No Congresso, a tramitação da proposta de emenda à Constituição da Nova Previdência começa na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados e segue para um colegiado especial. Depois, passa por dois turnos de votação no plenário da Casa. 

Se os deputados aprovarem o texto, é a vez dos senadores discutirem o texto na CCJ e também em plenário. 

Fonte: Planalto



Mais acessadas