28 de fevereiro de 2019

Bolsonaro assina posse de Roberto Campos à presidência do Banco Central


Decreto foi firmado em cerimônia no Palácio do Planalto. O ministro da Economia, Paulo Guedes, participou da solenidade.


O presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou nesta quinta-feira (28), em cerimônia no Palácio do Planalto, o termo de nomeação do novo presidente do Banco Central (BC), o economista Roberto Campos Neto. O ministro da Economia, Paulo Guedes, também participou da solenidade.

O decreto será publicado em edição extra no Diário Oficial da União (DOU). A cerimônia de transmissão do cargo ocorre após o Carnaval, em data a ser definida. O economista assume o lugar de Ilan Goldfajn. Nessa terça-feira (26), Neto foi sabatinado pela Comissão de Assuntos Econômicos do Senado e teve o nome aprovado pelo colegiado.

Novo presidente

Roberto Campos Neto nasceu em 1969 e graduou-se bacharel em economia em 1993, concluindo o mestrado em economia em 1995, ambos pela Universidade da Califórnia, em Los Angeles (estados Unidos). Com longa trajetória no sistema financeiro, passou pelos bancos Bozano Simonsen e Santander.

Criado em 1964, o Banco Central é uma autarquia federal, vinculada ao Ministério da Fazenda. Entre suas funções institucionais estão a de ser guardião das reservas internacionais do País; assegurar um sistema financeiro sólido; manter a inflação sob controle, ao redor da meta; além de garantir o fornecimento adequado de dinheiro em espécie.

Fonte: Planalto

Mais acessadas