29 de novembro de 2018

10 mil armas foram destruídas pelo Exército


O Exército Brasileiro realizou ontem (27) a Operação Vulcão II, que destruiu 10 mil armas ilegais apreendidas em operações policiais e  consideradas desnecessárias pelos juízes para dar continuidade aos processos. Desse total, 9.700 pertenciam a criminosos - e estavam sob poder da Justiça - e 300 foram entregues voluntariamente pela população.


A cerimônia de destruição faz parte de um acordo entre o Exército e o Conselho Nacional de Justiça, feito para acelerar a retirada dessas armas de circulação. O acordo, firmado em novembro do ano passado, também garante a doação dos armamentos reaproveitáveis aos órgãos de segurança pública e às Forças Armadas.

Fonte: Agência Brasil

Mais acessadas