17 de abril de 2018

Tudo o que você precisa saber sobre sexo tântrico



O que é sexo tântrico

Relações sexuais influenciadas pelas técnicas do Tantra, uma tradicional filosofia comportamental indiana. Seguir essas práticas milenares pode ser o caminho para descobrir sensações diferentes e prazerosas, aumentar a conexão com o parceiro e favorecer o seu bem-estar. Bônus: orgasmos prolongados e mais poderosos.

Imagem ilustrativa (google imagem)

Não gozar pode ser ainda melhor

Sem pressão para chegar lá. Pelo contrário, é até recomendável tentar se concentrar em tudo o que está sentindo durante a transa e aproveitar cada segundo. Assim, você se sentirá mais disposta, amorosa (e amada!), revitalizada e atraída pelo boy. 

Seu coração pode ser um órgão sexual – use isso a seu favor

Respire fundo, concentrando o ar na região do peito em que você sente as emoções. Depois, imagine-se inspirando todas as sensações para junto do seu coração. É um exercício simples de foco, mas com certeza vai te deixar mais feliz e realizada após o sexo. Fora que essa prática favorece o fluxo e a regulação da energia sexual no organismo.

Estar presente é essencial

Esqueça cobranças nos momentos a dois. Faça o que te dá prazer, sem se sentir obrigada a manter um “padrão de qualidade” ou atender todas as vontades do parceiro. E o mesmo vale para os problemas e outras pessoas do seu cotidiano, ok? Foco em você(s)!

Comece sem hora para acabar

Quanto mais lentos forem os movimentos (beijos, carícias, penetração…), melhor será a sua experiência sensorial. Vale até ficar alguns momentos sem se mexer.

Domínio sobre o orgasmo é a chave para prolongá-lo

Ao invés de liberar a pressão de uma só vez – o que pode te deixar sem energia por alguns instantes –, tente soltá-la aos poucos.

Amar o corpo dele também te faz bem

Aproveite a total falta de cobranças para explorar cada parte do boy, sempre focada em como tê-lo tão próximo faz você se sentir fisica e emocionalmente.

Sexo pode ter altos e baixos

Estamos condicionados a acreditar que a transa precisa seguir um ritmo crescente, certo? Só que uma das propostas das técnicas sexuais do Tantra é justamente intercalar momentos de intensidade e calmaria. Quando estiver quase gozando, por exemplo, experimente desacelerar – e recomeçar.

Fonte: Cosmopolitan

Mais visitadas