28 de março de 2020

Paróquia Nossa Senhora da Conceição lança campanha para auxiliar famílias com dificuldades financeiras

A Paróquia Nossa Senhora da Conceição lança campanha para auxiliar famílias com dificuldades financeiras neste tempo de pandemia do Coronavírus.




A Corrente Solidária tem como objetivo arrecadar recursos que serão doados às famílias de baixa renda que nesse tempo, não podendo trabalhar devido as orientações das autoridades, passam necessidades até na alimentação. 

Você pode fazer sua doação via depósito bancário ou a combinar pelos contatos abaixo.

BANCO DO BRASIL
AG.: 2255-1 C/C.: 23141-x
DEPÓSITO IDENTIFICADO



Participe! Vamos juntos estender as mãos aos que mais precisam de nós.

Advogado entra com ação pedindo suspensão do decreto de Mão Santa

O advogado parnaibano Adriano dos Santos Chagas acaba de ingressar com ação popular pedindo a concessão de liminar suspendendo os efeitos do decreto baixado pelo prefeito Mão Santa, que liberou o funcionamento das atividades econômicas no município.



Na ação, o advogado alega que Mão Santa, que é médico, mesmo sabendo das recomendações da OMS e autoridades sanitárias, vem contrariando às recomendações e orientações das autoridades sanitárias brasileiras, quanto a pandemia do Coronavírus (COVID-19), induzindo à população ao não cumprimento do isolamento social e demais medidas sanitárias.

Frisa que em recente manifestação pública noticiada pela imprensa local e nacional, o Prefeito tentou minimizar os efeitos e gravidade da pandemia, dizendo que se tratava de um “vírus boiola”, e em outra oportunidade afirmou que cura da referida doença era feita pelo simples fato de “beber água”.

“As declarações feitas pelo prefeito de Parnaíba ecoam irresponsavelmente por toda cidade, com repercussão local e nacional, trazendo a sensação à sociedade, que se trata de um vírus sem nenhum perigo a vida humana e sem qualquer letalidade”, diz a petição inicial.

O advogado pede a suspensão do decreto em caráter de urgência; que o município se abstenha de promover qualquer ato que possa promover a aglomeração de pessoas ou desobediência as determinações de autoridades sanitárias a nível Estadual; que o prefeito seja obrigado a divulgar por todo os meios de comunicação a decisão que suspende o decreto municipal, impossibilitando a abertura de toda e qualquer atividade comercial não essencial e que seja fixada multa pelo descumprimento.

A ação foi ajuizada às 10h20min de hoje (27) e distribuída a 4ª Vara Cível da Comarca de Parnaíba.

Em despacho dado às 11h48min, a juíza Anna Victoria Muylaert Saraiva Cavalcanti Dias, determinou a intimação pessoal do prefeito através de oficial de Justiça para, no prazo de 48 horas, se manifestar
quanto a petição inicial.

Entenda o caso

O funcionamento das atividades econômicas no município de Parnaíba foi liberado pelo prefeito Mão Santa, através de decreto baixado ontem (26). Mão Santa considerou o caos gerado pela paralisação poderá, segundo o documento, “acarretar mais mortes do que em consequência da nova doença” e o fato de não haver confirmado nenhum caso de
pessoa acometida pelo coronavírus.

O prefeito ressalta que devem ser adotados “os meios preventivos necessários para evitar o contágio pelo coronavírus, principalmente de evitar a aglomeração de pessoas”.

O decreto determina aos estabelecimentos a criação de escalas de trabalho, organização de espaço e adoção de outras formas de prevenção.

Fonte: GP1

Locomotiva chega à Parnaíba, mas lançamento é adiado devido ao coronavírus

Desde o ano passado, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Piauí (Fecomercio-PI), através de um esforço do presidente da entidade, Valdeci Cavalcante, tem articulado a reativação de parte da antiga Estrada de Ferro Central do Piauí – EFCP. Nesta quarta-feira (25) o projeto alcançou um novo e importante passo.



Isto porque chegaram a Parnaíba, vindas do Rio de Janeiro, a locomotiva e vagões da composição ferroviária. As peças se unirão a outros componentes que já se encontram na cidade desde o último mês de setembro. Os trabalhos de reativação incluem também os reparos feitos na linha férrea e a revitalização da estação ferroviária.


Por conta da crise provocada pela pandemia do coronavírus, a Fecomercio informou o cancelamento da solenidade que estava prevista para marcar a chegada da composição. Através de nota, a Federação destacou que “a composição ferroviária se constituirá em mais uma atração turística da grande Parnaíba e todo o litoral do Piauí”.

A princípio, a locomotiva deve operar com passeios turísticos entre Parnaíba e Luís Correia, ainda sem data prevista para início das atividades. Em entrevista a TV Costa Norte em 2019, Valdeci Cavalcante afirmou que a expectativa é que a linha férrea seja reativada em distâncias ainda maiores, podendo chegar a Piripiri ou mesmo até Teresina.

Fonte: Daniel Saturnino

26 de março de 2020

CIPTUR recupera moto com restrição de roubo no povoado Baixa do Carpino, no Brejinho de Luís Correia


Por volta das 14:30h dessa quarta-feira (25), a equipe de serviço do GPM do Brejinho foi informada que duas pessoas suspeitas estavam empurrando uma motocicleta na rodovia PI-301. Seguindo ao local, o grupamento militar encontrou dois homens em posse do veículo, no entorno do povoado Baixa do Carpino,  Brejinho - Luís Correia. 

CIPTUR recupera moto com restrição de roubo no povoado Baixa do Carpino, no Brejinho de Luís Correia

CIPTUR recupera moto com restrição de roubo no povoado Baixa do Carpino, no Brejinho de Luís Correia
Ao serem perguntados sobre a motocicleta, os acusados disseram que a moto tinha "ficado no prego". Diante das informações, a guarnição policial procedeu com análise da numeração do veículo onde foi percebido restrição de roubo. O policiamento deu voz de prisão aos acusados, conduzindo-os à Central de Flagrantes, em Parnaíba.

Roderico Júnior, do Portal Luís Correia. Com Informações da Polícia Militar.

Vereador oficializa doação de cesta básica para famílias carentes de alunos do município; filha do prefeito discorda e solta o verbo na rede social

O vereador Ronaldo da Silva Prado (PPL), de Parnaíba, encaminhou oficio de nº 002/2020 e datado do dia 24 de Março do corrente ano, endereçado ao secretário de Educação do município, solicitando ao mesmo que os recursos da merenda escolar fossem transformados em cestas básicas e distribuídas às famílias carentes dos alunos matriculados na rede de ensino do município, tendo em vista a paralisação das aulas nas Unidades Escolares, como mostra o documento logo abaixo. 



Todavia, a filha do prefeito Mão Santa abriu sua conta na rede social Facebook e disse umas e poucas destinada ao vereador oposicionista. Veja:



Fonte: Portal do Catita

Agricultura prorroga validade da DAPs do pequeno produtor


O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) prorrogou por seis meses o prazo de validade das Declarações de Aptidão ao Pronaf (DAPs) que vencem entre os dias 25 de março e 31 de dezembro de 2020. A decisão foi publicada ontem (25) no Diário Oficial da União (DOU).


A DAP é uma espécie de cédula de identidade que comprova o enquadramento do produtor rural como pequeno produtor. Ela também se aplica aos pescadores artesanais, aquicultores, maricultores, silvicultores, extrativistas, quilombolas, indígenas, assentados da reforma agrária e beneficiários do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF).

O documento é requisito básico para o acesso a políticas públicas de incentivo à produção e geração de renda, como o Programa de Aquisição de Alimentos, Merenda Escolar e Habitação Rural (Pronaf).

Segundo o Mapa, a prorrogação aplica-se a todos os tipos de declaração da aptidão ativas. O ministério disse ainda que a decisão de prorrogar a validade das declarações levou em consideração as medidas emergenciais e temporárias de prevenção ao contágio do novo coronavírus (covid-19) com o intuito de minimizar os impactos econômicos e sociais da pandemia, especialmente em relação aos agricultores familiares e suas formas associativas.

"A medida ocorre com o intuito de evitar a locomoção de agricultores familiares até os órgãos e entidades emissoras de DAP na busca pela renovação do documento e para garantir aos beneficiários a continuidade do acesso às políticas públicas da agricultura familiar durante a pandemia do coronavírus", informou o ministério.

Fonte: Agência Brasil

Mais acessadas