21 de setembro de 2020

Luís Correia - Caravana Azul percorre ruas do residencial Jardim Vitória

Conduzida pelo líder comunitário José dos Santos, a Caravana Azul percorreu nesta segunda-feira 21/09 as ruas do Residencial Vitória, em visita aos moradores daquela localidade. A caminha foi liderada pelo pré-candidato Cajado Júnior, homologado vice-prefeito da chapa encabeçada pelo gestor Kim do Caranguejo.



O grupo contou com as presenças do Pastor Rinaldo Careca e de Girleno Aragão pré-candidatos aos cargos legislativos em Luís Correia.  Os visitantes agradeceram a educação e o acolhimento de todos que os receberam. 





Vale ressaltar que por motivo de limitação física o prefeito Kim do Caranguejo não pôde estar presente na caminhada.

Roderico Júnior, do Portal Luís Correia .com

Valor da Produção Agropecuária deste ano está estimado em R$ 771,4 bilhões

As estimativas do Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) de 2020, obtidas a partir das informações de agosto, são de R$ 771,4 bilhões, superior em 10,1%, ao valor de 2019 (R$ 700,3 bilhões). O VBP deste ano é o maior já obtido na série histórica, que começou 1989.

Foto: iStock/Mapa

As lavouras resultaram em R$ 519 bilhões, o equivalente a 67,3% do VBP, e a pecuária, em R$ 252,3 bilhões, ou 32,7% do VBP. As lavouras aumentaram seu faturamento em 13,6% em relação ao ano passado, e a pecuária, 3,7%.

A soja representou 37,4% do valor das lavouras, com R$ 194,2 bilhões, o milho, com 15,8% equivalendo a R$ 81,9 bilhões.

“Alguns produtos estão obtendo resultados nunca obtidos anteriormente, como a soja, milho, carne bovina, carne suína e ovos”, salienta José Garcia Gasques, coordenador-geral de Avaliação de Política e Informação da Secretaria de Política Agrícola, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Gasques explica que dois fatores são responsáveis por esses resultados, os preços internos e as vendas externas. “Os preços internos, bastante superiores aos do ano passado, e as exportações, de carnes e grãos principalmente para a China, impulsionam o desempenho favorável”, esclarece.

Os produtos com melhor desempenho são os seguintes: amendoim 23,7%, arroz 19,9%, cacau 16,6%, café 39,8%, feijão 13,8%, laranja 8,8%, mamona 33,4%, milho 15,2%, soja 26,1%, e trigo 67,4%. Os produtos com redução do VBP podem ser observados no algodão -2,9%, banana -8,8%, batata-inglesa -23,7%, mandioca -3,7%, tomate -13,1% e uva -13,8%. Esses produtos tiveram, em geral, produção menor neste ano e preços mais baixos.

Os estados que puxam os valores da produção agropecuária brasileira são Mato Grosso (R$ 136,5 bilhões), Paraná (R$ 98,5 bilhões) e São Paulo (R$ 95,7 bilhões).

O VBP mostra a evolução do desempenho das lavouras e da pecuária ao longo do ano e corresponde ao faturamento bruto dentro do estabelecimento. É calculado com base na produção da safra agrícola e da pecuária e nos preços recebidos pelos produtores nas principais praças do país.




Fonte: Governo do Brasil

Governo já destinou R$ 200 bilhões para beneficiários do Auxílio Emergencial

 A Caixa Econômica libera, nesta sexta-feira (18), o crédito de R$ 2,6 bilhões do Auxílio Emergencial para quatro milhões de pessoas que fazem aniversário em julho. Também vai destinar R$ 429,5 milhões da primeira parcela da ampliação do auxílio para 1,6 milhão de brasileiros atendidos pelo programa Bolsa Família. Já são R$ 200 bilhões destinados pelo Governo Federal desde abril.

Foto: Agência Brasil

Os ciclos de crédito em conta e saques em espécie seguem até dezembro para o pagamento das cinco parcelas definidas pelo Governo Federal para o público do Cadastro Único e para quem se cadastrou pelo aplicativo ou pelo site da Caixa. O auxílio chamado “residual”, que é o acréscimo anunciado pelo Presidente Jair Bolsonaro no início de setembro, será liberado hoje para os beneficiários que têm o NIS número 2.

“Essa é a maior operação de transferência de recursos para um programa social da nossa história. É um dinheiro que vai direto para a conta do cidadão para que ele possa superar as dificuldades [...] e manter a sua dignidade. O investimento de R$ 200 bilhões, além de um marco, revela o nosso compromisso de não deixar ninguém para trás”, destacou o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni.

Neste sábado (19), 770 agências da Caixa abrirão, das 8 às 12 horas, para atendimento de beneficiários do Auxílio Emergencial e do Saque Emergencial do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Os nascidos em janeiro – 3,9 milhões de pessoas – poderão sacar o Auxílio Emergencial em dinheiro. Os trabalhadores nascidos em maio – 5,1 milhões de pessoas – poderão retirar em espécie os valores referentes ao Saque Emergencial do FGTS. Ao todo, os benefícios somam R$ 5,8 bilhões.

Fonte: Governo do Brasil

Luís Correia - Ciclista chilena é estuprada no litoral piauiense

Unidades da Companhia Independente de Policiamento Turístico coordenadas pelo capitão Viana, fizeram várias diligências nesta manhã de sábado(19) e conseguiram capturar o estuprador Teodoro Gomes, o Teo, de 33 anos (foto acima) residente no povoado São Domingos, zona rural de Luís Correia. 



DO ESTUPRO

A vítima, uma senhora de 42 anos, natural da cidade de Curacautín, região chilena de Araucanía, seguia pedalando sua bicicleta por volta das 8hs da manhã pela BR 402, entre os municípios de Cajueiro da Praia e Luis Correia, quando um homem armado de facão saiu do matagal e segurou no guidão da bicicleta, ordenando que ela entrasse no mato.

A vítima carregava uma máquina de choque para defesa pessoal, mas não funcionou ao tentar usa-la contra o maníaco. Já dentro da mata fechada, segurando o facão ferozmente, o maníaco ordenou que a vítima tirasse a roupa, realizando o ato libidinoso. 

Após praticar o estupro, ele pegou a foto no celular de um neto da vítima guardada na bolsa dela, ameaçando-a em caso de denúncia. Na sequencia mandou ela ir embora depois de muita ameaça.  

Um veículo que trafegava pela BR socorreu à vítima e a encaminhou até o posto fiscal do Retiro. A PM chegou ao local e realizou diligências, conseguindo capturar o estuprador, o encaminhando à central de flagrantes em Parnaíba. 

A vítima foi levada ao Heda para realização de exame médico de violação/estupro. O delegado Maikon Kaestner autuou o maníaco Teodoro Gomes no Artigo 213(Estupro). Já tinha sido preso e processado pelo mesmo crime. 

Fonte: Com informações da Polícia Militar

18 de setembro de 2020

Luís Correia - Kim do Caranguejo prefeito e Irmão Cajado vice é a chapa oficial do PP para as eleições municipais 2020

O Progressistas (PP) oficializou, nesta terça-feira (15), o prefeito de Luís Correia, Kim do Caranguejo (PP), como candidato oficial à reeleição em 2020. Com chapa pura foi indicado o nome do Ir. Cajado Júnior (PP) como vice. A convenção municipal contou ainda com a oficialização de 25 pré-candidatos a vereadores que disputarão as vagas pelo partido. Dentre eles o nome em destaque é o do experiente Zequinha Machado, em outrora candidato a prefeito e que hoje soma novamente para a vitória do terceiro mandato do atual gestor.


Zé Maria do Coqueiro, Kim do Caranguejo e Cajado Júnior, na convenção do PP.

Zequinha Machado em destaque (Foto: Roderico Júnior, do Portal Luís Correia)

Kim do Caranguejo que vinha sendo especulado como inelegível conseguiu, por meio de medida liminar, comprovar sua regularidade judicial frente ao equívoco da sentença que o condenava até então. A oficialização do nome do prefeito reascendeu a certeza daqueles que sempre confiaram seus votos ao atual gestor, considerado por especialistas com forte potencial à reeleição frente aos demais concorrentes ao cargo majoritário. 




Contando com a simpatia de grande parte do público evangélico do município, e estimado em mais de dois mil votos, Cajado Júnior, indicado a vice-prefeito, veio desenvolvendo seu trabalho a frente da Secretaria Municipal de Aquicultura e Pesca. Em meio às realizações voltadas à área em questão, vale ressaltar os projetos cadastrados na plataforma Mais Brasil para infraestrutura da pesca marinha e da carcinicultura pura da região, além das diversas ações direcionadas ao público pesqueiro através de parcerias com órgãos estaduais e federais, que vêm beneficiando a criação de peixes e a pesca como um todo, sobretudo aos atuantes na zona rural de Luís Correia.




"O susto passou. Nossa campanha começa hoje com a oficialização da candidatura do nosso prefeito. Nossa chapa conta dessa vez com um vice de fato expressivo, com votos certos. A forte liderança do Cajado vem sendo marcada pelo reconhecimento e pelo compromisso com a realização de projetos que vieram a beneficiar a cidade na área da pesca e aquicultura, praticamente esquecida pelos governos passados. O certo é que agora nosso grupo se ergueu muito mais forte, mais unido. O sentimento de incerteza que um dia alimentou a oposição ao confundir o eleitorado de Luís Correia sobre a candidatura do Kim já não existe mais. Assim sendo voltamos firmes à disputa eleitoral. Iremos iniciar os diálogos com nossos amigos e reagregar nossas lideranças rumo a vitória", pontuou a assessoria do grupo.

Roderico Júnior, do Portal Luís Correia .com

Beneficiários do Bolsa Família começam a receber auxílio residual

O pagamento do lote residual do Auxílio Emergencial, que são as quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600, para mães que chefiam a família, começou nesta quinta-feira (17) para os beneficiários do Bolsa Família. A ordem do pagamento segue o calendário do programa, de acordo com o critério do Número de Identificação Social (NIS). Os primeiros a receber são os beneficiários com o NIS final 1. Segundo a Caixa, até o dia 30 de setembro será realizado o pagamento da primeira parcela residual do benefício para 16,3 milhões de famílias cadastradas no Bolsa Família, no montante de R$ 4,3 bilhões.

(Foto: Reprodução da internet)

De acordo com o secretário de Avaliação e Gestão da Informação do Ministério da Cidadania, Marcos Paulo da Silva, foram consideradas elegíveis a receber o Auxílio Emergencial, até o momento, 67,2 milhões de pessoas.

Confirma o pagamento da sexta parcela do Auxílio Emergencial ao Bolsa Família

- Quinta-feira (17/9): último dígito do NIS é igual a 1

- Sexta-feira (18/9): último dígito do NIS é igual a 2

- Segunda-feira (21/09): último dígito do NIS é igual a 3

- Terça-feira (22/9): último dígito do NIS é igual a 4

- Quarta-feira (23/09): último dígito do NIS é igual a 5

- Quinta-feira (24/09): último dígito do NIS é igual a 6

- Sexta-feira (25/09): último dígito do NIS é igual a 7

- Segunda-feira (28/09): último dígito do NIS é igual a 8

- Terça-feira (29/09): último dígito do NIS é igual a 9

- Quarta-feira (30/09): último dígito do NIS é igual a 0

O recebimento do Auxílio Emergencial ocorre da mesma forma que o benefício regular, utilizando o cartão nos canais de autoatendimento, unidades lotéricas e correspondentes Caixa Aqui; ou ainda por crédito na conta Caixa fácil.

Mas, vale destacar, que nem todos os brasileiros que tiveram acesso aos R$ 600 nos últimos meses vão receber as novas parcelas de R$ 300 do Auxílio Emergencial, sejam beneficiários ou não do Bolsa Família.

Lei regulamenta prorrogação do Auxílio

A regulamentação da lei que prorroga o pagamento do Auxílio Emergencial por mais quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 (para mães chefes de família), até dezembro deste ano, foi publicada nesta quarta-feira (16) no Diário Oficial da União. (https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/decreto-n-10.488-de-16-de-setembro-de-2020-277742753)

Foram definidos novos critérios e regras para ter direito à ajuda residual. Pessoas que eram elegíveis à ajuda e que passaram, por exemplo, a ter vínculo empregatício após o início do recebimento do benefício, não terão direito às novas parcelas.

Para quem é beneficiário do Bolsa Família, pelas novas regras, se o valor recebido pelo programa for igual ou maior que R$ 300 ou R$ 600, no caso da mãe provedora da família, o beneficiário receberá apenas o valor do Bolsa. “Na hipótese de o valor da soma dos benefícios financeiros recebidos pela família beneficiária do Programa Bolsa Família ser igual ou maior do que o valor do auxílio emergencial residual devido, serão pagos apenas os benefícios referentes ao Programa Bolsa Família”, diz o decreto.

O valor total recebido do Bolsa Família depende da renda e da composição da família.

As quatro novas parcelas do Auxílio Residual serão pagas de forma subsequente ao pagamento da última parcela do benefício, desde que o beneficiário atenda aos novos requisitos, publicados em 2 de setembro e regulamentados nesta semana.

Não vai receber as novas parcelas do Auxílio Emergencial:

- Quem conseguiu um emprego formal depois do recebimento das cinco parcelas anteriores do Auxílio Emergencial;

- Quem recebeu benefício previdenciário ou assistencial; seguro-desemprego ou algum programa de transferência de renda federal, com exceção do Programa Bolsa Família, depois do recebimento do Auxílio;

- Se tem renda mensal per capita acima de meio salário mínimo e renda familiar mensal total acima de três salários mínimos;

- Se mora no exterior;

- O Governo Federal também vai conferir os rendimentos dos beneficiários e excluir do Auxílio Emergencial quem recebeu, em 2019, rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70;

- Também não terá direito de receber as quatro novas parcelas quem, em 31 de dezembro de 2019, tinha posse ou a propriedade de bens ou direitos no valor total superior a R$ 300 mil;

- Quem, em 2019, recebeu rendimentos isentos não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte acima de R$ 40 mil;

- E menores de 18 anos, exceto se for mãe adolescente;

- Também não vai receber o auxílio quem tenha sido incluído, no ano de 2019, como dependente de declarante do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física enquadrado na condição de: cônjuge, companheiro com o qual o contribuinte tenha filho ou com o qual conviva há mais de cinco anos; filho ou enteado com menos de vinte e um anos de idade; ou com menos de vinte e quatro anos de idade que esteja matriculado em estabelecimento de ensino superior ou de ensino técnico de nível médio;

- E quem estiver preso em regime fechado.

O recebimento do auxílio emergencial residual está limitado a duas cotas por família.

Quem tem direito às novas parcelas vai precisar requerer o pagamento?

Não. De acordo com a Medida Provisória, quem já é beneficiário do Auxílio Emergencial não vai precisar requerer o pagamento das novas parcelas. Mas, atenção. Para recebê-lo, precisa atender aos critérios citados acima. Os trabalhadores que não são beneficiários do auxílio emergencial não poderão solicitar o auxílio residual.

Auxílio Emergencial

Criado em abril deste ano, o Auxílio Emergencial é um benefício financeiro concedido pelo Governo Federal destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados, para ajudar no período de enfrentamento à crise causada pelo distanciamento social.

As transferências estão sendo feitas em ciclos e por lotes.

O Auxílio Emergencial previa o pagamento de apenas três parcelas de R$ 600 ou R$ 1.200 para mães provedoras de família. Com o agravamento da crise, por conta da Covid-19, o Governo Federal ampliou o benefício para mais duas parcelas também de R$ 600 ou R$ 1.200. Agora, com as quatro parcelas finais, no valor de R$ 300,00 ou R$ 600 (para as mães chefes da família), passam a ser nove o número de parcelas pagas aos brasileiros.

Caixa conclui pagamento de Ciclo 1

Nesta quinta-feira, a Caixa concluiu os pagamentos do Auxílio Emergencial do Ciclo 1. Foi liberado o saque para 3,8 milhões de beneficiários nascidos em dezembro. Ao todo, mais de 46 milhões de pessoas receberam parcelas dentro do Ciclo 1.

Fonte: Agência Brasil

Mais acessadas